Pesquisa Eleitoral em São Paulo para Prefeito

Segundo a última pesquisa Ibope divulgada dia 1º de outubro de 2016, encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de São Paulo”, João Doria está na liderança com 35% das intenções de voto, excluindo os votos em branco e nulo, com a possibilidade de ir ao segundo turno com Celso Russomanno que recebeu 23%.

Pesquisa Eleitoral para Prefeitura de São Paulo

CandidatoIntenções de Votos (%)
João Doria (PSDB)35%
Celso Russomano (PRB)23%
Marta (PMDB)19%
Fernando Haddad (PT)15%
Luiza Erundina (PSOL)5%
João Bico (PSDC)1%
Levy Fidelix (PRTB)1%
Major Olimpio (SD)1%
Ricardo Young (Rede)0%
Altino (PSTU)0%
Henrique Áreas (PCO)0%

 

Em um cenário somente com os votos válidos, sem os em branco ou nulo, João Doria permanece na frente com 35% das intenções de voto, seguido por Celso Russomanno que aparece com 23%. Marta vem na sequência com 19%, tecnicamente empatada com Fernando Haddad que obteve 15%, Luiza Erundina foi escolhida por 5%, enquanto João Bico, Levy Fidelix e Major Olimpio foram escolhidos por 1% cada, e os candidatos Ricardo Young, Altino e Henrique Áreas não pontuaram.

A pesquisa foi realizada entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro de 2016 com 1.204 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE-SP sob o protocolo nº SP-00873/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Datafolha - 01/10/2016

De acordo com a mais recente pesquisa Datafolha divulgada dia 1º de outubro de 2016, encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”, João Doria aparece com 44% das intenções de voto apenas com os votos válidos, enquanto Celso Russomanno e Fernando Haddad estão empatados com 16% e Marta vem na sequência com 14%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
João Doria (PSDB)44%
Celso Russomano (PRB)16%
Fernando Haddad (PT)16%
Marta (PMDB)14%
Luiza Erundina (PSOL)5%
Major Olimpio (SD)2%
Levy Fidelix (PRTB)1%
Ricardo Young (Rede)1%
João Bico (PSDC)0%
Altino (PSTU)0%
Henrique Áreas (PCO)0%

 

Em um cenário com apenas os votos válidos, excluindo os em branco e os nulos, João Doria lidera com 44% das intenções de voto, seguido por três candidatos empatados tecnicamente na segunda posição. Celso Russomanno e Fernando Haddad obtiveram 16% cada e Marta aparece logo em seguida com 14%. Luiza Erundina foi citada por 5% e Major Olimpio por 2%, enquanto Levy Fidelix e Ricardo Young foram escolhidos por 1% cada. João Bico, Altino e Henrique Áreas não pontuaram.

A pesquisa foi realizada entre os dias 30 de setembro e 1º de outubro de 2016 com 4.022 eleitores. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE-SP sob o protocolo nº SP-08514/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Ibope - 28/09/2016

A última pesquisa Ibope divulgada dia 28 de setembro de 2016, encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”, mostra João Doria na frente com 28% das intenções de voto, com a possibilidade de disputar um segundo turno com Celso Russomanno, que tem 22% ou com Marta que tem 16%.

Pesquisa Eleitoral para Prefeitura de São Paulo

CandidatoIntenções de Votos (%)
João Doria (PSDB)28%
Celso Russomano (PRB)22%
Marta (PMDB)16%
Fernando Haddad (PT)13%
Luiza Erundina (PSOL)5%
Major Olimpio (SD)1%
João Bico (PSDC)1%
Levy Fidelix (PRTB)1%
Ricardo Young (Rede)1%
Henrique Áreas (PCO)0%
Altino (PSTU)0%
Branco/nulo9%
Não sabe/não respondeu3%

 

Se as eleições fossem hoje, João Doria estaria em primeiro com 28% das intenções de voto, Celso Russomanno aparecem na sequência com 22%, empatado tecnicamente com Marta que tem 16%, que também está tecnicamente empatada com Fernando Haddad que tem 13%. Luiza Erundina foi escolhida por 5%, enquanto Major Olimpio, João Bico, Levy Fidelix e Ricardo Young receberam 1% das intenções de voto cada. Henrique Áreas e Altino não pontuaram, os votos em branco ou nulo somaram 9% e os que não sabem ou não responderam 3%.

Taxa de rejeição

Também questionaram os eleitores sobre quais candidatos não votariam de forma alguma, nesse cenário, Fernando Haddad foi o mais rejeitado com 41% das menções, Marta aparece em seguida com 29%, Levy Fidelix recebeu 26%, Luiza Erundina 25%, Celso Russomanno 24% e João Bico 18%, enquanto Major Olimpio, Altino e João Doria obtiveram 17% cada. Henrique Áreas foi citado por 14% e Ricardo Young por 13%. Os que afirmaram que poderiam votar em todos os candidatos totalizaram 2% e os indecisos 6%.

Segundo turno

Se João Doria e Celso Russomanno disputassem um segundo turno hoje, Doria seria eleito com 41% das intenções de voto, enquanto Russomanno ficaria em segundo com 26%. Os votos em branco ou nulo somaram 17% e os que não sabem 6%.

Em um cenário entre João Doria e Marta, Doria venceria com 44% das intenções de voto, contra os 33% alcançados por Marta. 17% escolheram o voto em branco ou nulo e 5% não sabem em quem votar.

Numa simulação com João Doria e Fernando Haddad, Doria também seria eleito com 52% das intenções de voto, enquanto Haddad ficaria na segunda posição com 27%. Os votos em branco ou nulo totalizaram 16% e os indecisos 5%.

Caso Celso Russomanno enfrentasse Marta em um segundo turno, o deputado federal teria a vitória com 39% das intenções de voto, contra os 35% obtidos por Marta. 22% afirmaram que votariam em branco ou nulo e 5% não sabem em quem votar.

Na hipótese de Celso Russomanno disputar um segundo turno com Fernando Haddad, Russomanno seria eleito com 47% das intenções de voto, enquanto Haddad ficaria na segunda colocação com 26%. Os votos em branco ou nulo somaram 21% e os indecisos 5%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 28 de setembro de 2016 com 1.204 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE-SP sob o protocolo nº SP-03836/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Datafolha - 27/09/2016

Segundo a pesquisa Datafolha divulgada dia 27 de setembro de 2016, encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”, João Doria aparece na liderança com 30% das intenções de voto, mas ainda com chances de enfrentar Celso Russomanno em um segundo turno, que obteve 22%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
João Doria (PSDB)30%
Celso Russomano (PRB)22%
Marta (PMDB)15%
Fernando Haddad (PT)11%
Luiza Erundina (PSOL)5%
Major Olimpio (SD)1%
Levy Fidelix (PRTB)1%
João Bico (PSDC)0%
Ricardo Young (Rede)0%
Altino (PSTU)0%
Henrique Áreas (PCO)0%
Branco/nulo12%
Não sabe/não respondeu4%

Na disputa pela Prefeitura de São Paulo, João Doria continua na primeira posição com 30% da preferência dos entrevistados, seguido por Celso Russomanno que recebeu 22%. Marta aparece na sequência com 15%, empatada tecnicamente com Fernando Haddad que obteve 11%, Luiza Erundina foi escolhida por 5%, enquanto Major Olimpio e Levy Fidelix receberam 1% cada. João Bico, Ricardo Young, Altino e Henrique Áreas não pontuaram, os votos em branco ou nulo totalizaram 12% e os que estão indecisos 4%.

Taxa de rejeição

O instituto também apontou a taxa de rejeição, com a opção de escolher mais de um candidato. Nesse cenário, Fernando Haddad foi o mais rejeitado com 43% das menções, seguido por Marta com 32%, Celso Russomanno foi citado por 30%, Levy Fidelix por 29%, Luiza Erundina por 28%, Major Olimpio por 21%, João Bico por 20% e Altino por 19%. João Doria, Henrique Áreas e Ricardo Young foram escolhidos por 17% cada, os que não votariam em nenhum dos candidatos somaram 5%, os que poderiam votar em todos 3% e os que não sabem outros 3%.

Segundo turno

Caso os dois candidatos mais bem colocados disputassem um segundo turno, João Doria seria eleito com 42% das intenções de voto, contra os 37% obtidos por Celso Russomanno. 19% escolheram o voto em branco ou nulo e 3% não sabem.

Numa simulação com João Doria e Marta, Doria venceria com 45% das intenções de voto, enquanto Marta ficaria em segundo com 36%. Os votos em branco ou nulo somaram 17% e os que não sabem em quem votar 2%.

Se João Doria enfrentasse Fernando Haddad no segundo turno, Doria teria a vitória com 53% das intenções de voto, contra os 26% obtidos por Haddad. 18% afirmaram que votariam em branco ou nulo de 3% ainda estão indecisos.

Em um cenário com Celso Russomanno e Marta, o deputado federal venceria com 39% das intenções de voto, enquanto Marta ficaria na segunda posição com 37%. Os votos em branco ou nulo totalizaram 22% e os que não sabem 2%.

Numa disputa direta entre Celso Russomanno e Fernando Haddad, Russomanno seria eleito com 47% das intenções de voto, e Haddad ficaria em segundo com 26%. Os votos em branco ou nulo somaram 24% e os que ainda não sabem em quem votar 2%.

Na hipótese de Marta enfrentar Fernando Haddad no segundo turno, a senadora venceria com 44% das intenções de voto, contra os 26% alcançados pelo atual prefeito. 28% disseram que votariam em branco ou nulo e 1% não sabem em quem votar.

A pesquisa foi realizada no dia 26 de setembro de 2016 com 1.260 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE-SP sob o protocolo nº SP-05632/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Ibope - 26/09/2016

De acordo com a pesquisa Ibope, divulgada dia 26 de setembro, encomendada TV Globo e pelo jornal “O Estado de São Paulo”, o candidato João Doria permanece na frente com 28% das intenções de voto, mas empatado tecnicamente com Celso Russomanno que aparece com 24%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
João Doria (PSDB)28%
Celso Russomano (PRB)24%
Marta (PMDB)15%
Fernando Haddad (PT)12%
Luiza Erundina (PSOL)4%
Major Olimpio (SD)1%
João Bico (PSDC)1%
Levy Fidelix (PRTB)1%
Ricardo Young (Rede)0%
Henrique Áreas (PCO)0%
Altino (PSTU)0%
Branco/nulo10%
Não sabe/não respondeu4%

Em uma simulação com todos os candidatos na disputa, João Doria continua na liderança com 28% das intenções de voto, empatado tecnicamente com Celso Russomanno que obteve 24%. Marta aparece na sequência com 15%, empatada tecnicamente com Fernando Haddad que recebeu 12%. Luiza Erundina foi citada por 4%, enquanto Marjor Olimpio, João Bico e Levy Fidelix foram escolhidos por 1% cada. Ricardo Young, Henrique Áreas e Altino não pontuaram, os votos em branco ou nulo somaram 10% e os que não sabem ou não responderam 4%.

Taxa de rejeição

Os entrevistados também foram questionados sobre qual candidato não votariam de jeito nenhum, com a opção de escolher mais de um candidato. Fernando Haddad foi o mais rejeitado com 47% das menções, Levy Fidelix foi citado por 30%, Marta por 28%, Luiza Erundina por 27%, Celso Russomanno por 25%, Major Olimpio por 19%, João Bico por 18%, João Doria por 17% e Altino por 15%. Ricardo Young e Henrique Áreas foram escolhidos por 13% cada, os que disseram que poderiam votar em todos somaram 1% e os que não sabem ou não responderam 5%.

Segundo turno

Em um possível segundo turno entre os dois primeiros colocados, João Doria venceria com 41% das intenções de voto, enquanto Celso Russomanno ficaria em segundo com 37%. Os votos em branco ou nulo somaram 17% e os que não sabem 5%.

Se João Doria disputasse um segundo turno com Marta, seria eleito com 45% das intenções de voto, contra os 33% alcançados por Marta. 16% optaram pelo voto em branco ou nulo e 5% não sabem.

Na hipótese de João Doria enfrentar Fernando Haddad no segundo turno, Doria teria a vitória com 52% das intenções de voto, enquanto Haddad ficaria em segundo com 28%. Os votos em branco ou nulo totalizaram 16% e os indecisos 4%.

Numa disputa entre Celso Russomanno e Marta, Russomanno venceria com 44% das intenções de voto, contra os 32% obtidos por Marta. 22% afirmaram que votariam em branco ou nulo e 6% ainda não sabem em quem votar.

Caso Celso Russomanno enfrentasse Fernando Haddad no segundo turno, o deputado federal seria eleito com 51% das intenções de voto, enquanto o atual prefeito ficaria na segunda colocação com 24%. Os votos em branco ou nulo somaram 21% e os que não sabem 5%.

Em um cenário com Marta e Fernando Haddad, a senadora venceria com 43% das intenções de voto, contra os 25% alcançados por Haddad. 27% escolheram o voto em branco ou nulo e 5% não sabem em quem votar.

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 25 de setembro de 2016 com 1.204 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE-SP sob o protocolo nº SP-04281/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Datafolha - 22/09/2016

A última pesquisa Datafolha encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”, divulgada dia 22 de setembro de 2016, mostra João Doria em primeiro com 25% das intenções de voto, mas empatado tecnicamente com Celso Russomanno que aparece com 22% e com Marta que tem 20%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
João Doria (PSDB)25%
Celso Russomano (PRB)22%
Marta (PMDB)20%
Fernando Haddad (PT)10%
Luiza Erundina (PSOL)5%
Major Olimpio (SD)2%
Levy Fidelix (PRTB)1%
João Bico (PSDC)0%
Ricardo Young (Rede)0%
Altino (PSTU)-
Henrique Áreas (PCO)-
Branco/nulo11%
Não sabe4%

Na disputa pela Prefeitura de São Paulo, o candidato João Doria aparece na frente pela primeira vez com 25% das intenções de voto, mas empatado tecnicamente com dois candidatos, Celso Russomanno que obteve 22% e Marta com 20%. Fernando Haddad vem na sequência com 10%, seguido por Luiza Erundina com 5%, Major Olimpio foi escolhido por 2% e Levy Fidelix por 1%. João Bico, Ricardo Young não alcançaram 1%, enquanto Altino e Henrique Áreas não foram citados. 11% optaram pelo voto em branco ou nulo e 14% dos entrevistados não sabem em quem votar.

Taxa de rejeição

Os entrevistados também foram questionados sobre qual candidato não votariam de jeito nenhum, com a possibilidade de citar mais de um candidato. Fernando Haddad foi o mais rejeitado com 45% das menções, seguido por Levy Fidelix que foi escolhido por 30% e Marta por 29%, enquanto Luiza Erundina e Celso Russomanno foram citados por 27% cada. Major Olimpio foi mencionado por 22%, João Bico por 21%, Altino por 20%, João Doria r Henrique Áreas por 19% cada, enquanto Ricardo Young foi escolhido por 17%. Os que disseram que poderiam votar em todos os candidatos totalizaram 1%, os que não votariam em nenhum deles 3% e os que não sabem em quem votar 4%.

Segundo turno

Numa disputa direta entre Celso Russomanno e João Doria, Russomanno venceria com 44% das intenções de voto, enquanto Doria ficaria em segundo com 38%. Os votos em branco e nulo somaram 17% e os que não sabem 1%.

Caso João Doria enfrentasse Marta em um segundo turno, a senadora seria eleita com 42% das intenções de voto, contra os 41% obtidos por Doria. 15% afirmaram que votariam em branco ou nulo e 2% ainda não sabem em quem votar.

Em um cenário com Marta e Celso Russomanno, Marta teria a vitória com 41% das intenções de voto, enquanto Russomanno ficaria na segunda posição com 40%. Os votos em branco ou nulo totalizaram 17% e os indecisos 2%.

A pesquisa foi realizada no dia 21 de setembro de 2016 com 1.260 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE-SP sob o protocolo nº SP-00573/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Paraná Pesquisas - 21/09/2016

Segundo a mais recente pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas encomendada pela Rádio Jovem Pan, divulgada dia 21 de setembro de 2016, Celso Russomanno está na frente com 27,7% das intenções de voto, mas não muito distante de João Doria que tem 21,2% e Marta que aparece com 21,2%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
Celso Russomano (PRB)27,7%
João Doria (PSDB)21.2%
Marta (PMDB)19,5%
Fernando Haddad (PT)8,5%
Luiza Erundina (PSOL)4,9%
Major Olimpio (SD)1,5%
Levy Fidelix (PRTB)0,9%
Altino (PSTU)0,3%
Henrique Áreas (PCO)0,2%
João Bico (PSDC)0,2%
Ricardo Young (Rede)0,2%
Branco/nulo13%
Não sabe/não respondeu3%

Em um cenário com todos os candidatos, Celso Russomanno aparece em primeiro com 27,7% das intenções de voto, com grandes chances de disputar um segundo turno com João Doria que recebeu 21,2% ou com Marta, que está tecnicamente empatada com Doria e obteve 19,5%. Fernando Haddad foi escolhido por 8,5%, Luiza Erundina por 4,9%, Major Olimpio por 1,5%, Levy Fidelix por 0,9% e Altino por 0,3%. Henrique Áreas, João Bico e Ricardo Young foram citados por 0,2% cada, os que não votariam em nenhum candidato somaram 9,9% e os que não sabem em quem votar 5,1%.

Pergunta espontânea

Quando os nomes dos candidatos não foram mostrados, Celso Russomanno obteve 14,8% das intenções de voto, João Doria vem na sequência com 12,3%, seguido por Marta com 9,5%. Fernando Haddad foi mencionado por 5,1% e Luiza Erundina por 2,4%. Outros nomes foram citados por 1,7% dos entrevistados, 11,6% não votariam em ninguém e 42,8% ainda não sabem.

Taxa de rejeição

O instituto também apontou a taxa de rejeição dos candidatos, com a possibilidade de múltipla escolha. Nesse caso, Fernando Haddad foi o mais rejeitado com 45,1% das menções, seguido por Marta com 24,6%. Luiza Erundina foi citada por 21,1%, Celso Russomanno por 20,6%, João Doria por 15,6% e Levy Fidelix por 15,3%. João Bico foi mencionado por 10,1%, Altino por 10%, Major Olimpio por 9,8%, Henrique Áreas por 9,3% e Ricardo Young por 8,8%. Os que disseram que poderiam votar em todos os candidatos totalizaram 3,4% e os que ainda estão indecisos 6%.

Segundo turno

Em um possível segundo turno entre os dois primeiros colocados, Celso Russomanno seria eleito com 44,7% das intenções de voto, enquanto João Doria ficaria em segundo lugar com 34,9%. Os que não votariam em nenhum totalizaram 15,3% e os que não sabem 5,1%

Numa disputa entre Celso Russomanno e Marta no segundo turno, Russomanno venceria com 45,3% das intenções de voto, contra os 32,9% obtidos por Marta. 17,2% afirmaram que não votariam em nenhum dos candidatos e 4,7% ainda não sabem em quem votar.

Caso João Doria e Marta se enfrentassem diretamente, Marta teria a vitória com 38,1% das intenções de voto, e Doria ficaria na segunda colocação com 37,8%. Os que não votariam em nenhum dos candidatos totalizaram 19,3% e os indecisos 4,8%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 16 a 20 de setembro de 2016 com 1.200 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE-SP sob o protocolo nº SP-09893/2016 e foi divulgada no site paranapesquisas.com.br.

Ibope - 14/09/2016

A pesquisa Ibope divulgada dia 14 de setembro, encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de São Paulo”, mostra Celso Russomanno em primeiro com 30% das intenções de voto, com a possibilidade de disputar um segundo turno com Marta tem 20% ou com João Doria que tem 17%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
Celso Russomano (PRB)30%
Marta (PMDB)20%
João Doria (PSDB)17%
Fernando Haddad (PT)9%
Luiza Erundina (PSOL)5%
Major Olimpio (SD)1%
João Bico (PSDC)1%
Levy Fidelix (PRTB)1%
Altino (PSTU)0%
Ricardo Young (Rede)0%
Henrique Áreas (PCO)0%
Branco/nulo13%
Não sabe/não respondeu3%

Nessa simulação, Celso Russomanno lidera a disputa com 30% das intenções de voto, seguido por Marta que obteve 20% e está empatada tecnicamente com João Doria que recebeu 17%. Fernando Haddad foi escolhido por 9% e Luiza Erundina por 5%, e também estão empatados tecnicamente. Major Olimpio, João Bico e Levy Fidelix foram citados por 1% cada, enquanto Altino, Ricardo Young e Henrique Áreas não pontuaram. 13% afirmaram que votariam em branco ou nulo e 3% não sabe ou não responderam.

Taxa de rejeição

Questionaram os entrevistados sobre qual candidato não votariam de forma alguma, com a opção de escolher mais de um candidato. Fernando Haddad foi o mais rejeitado com 48% das menções, Levi Fidelix aparece na sequência com 31%, seguido por Luiza Erundina com 29% e Marta com 27%. Celso Russomanno e Major Olimpio foram citados por 22% cada, João Bico foi escolhido por 20%, Altino por 19%, João Doria por 18%, Ricardo Young por 17% e Henrique Áreas por 16%. Os que disseram que poderiam votar em todos não chegou a 1% e os que não sabem ou não opinaram somaram 5%.

Segundo turno

Em uma disputa direta entre os dois candidatos mais bem colocados, Celso Russomanno teria a vitória com 44% das intenções de voto, contra os 33% alcançados por Marta. 19% escolheram o voto em branco ou nulo e 5% não sabem ou não quiseram responder.

Caso Celso Russomanno enfrentasse João Doria, o deputado federal venceria com 49% das intenções de voto, enquanto Doria ficaria em segundo com 28%. Os votos em branco ou nulo totalizaram 18% e os que indecisos 5%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 10 e 13 de setembro de 2016 com 1.001 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE-SP sob o protocolo nº SP-01493/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Datafolha - 09/09/2016

De acordo com a mais recente pesquisa Datafolha divulgada dia 9 de setembro de 2016, encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo", Celso Russomanno continua na frente com 26% das intenções de voto, mas empatado tecnicamente com Marta que aparece com 21%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
Celso Russomano (PRB)26%
Marta (PMDB)21%
João Doria (PSDB)16%
Fernando Haddad (PT)9%
Luiza Erundina (PSOL)7%
Major Olimpio (SD)2%
Levy Fidelix (PRTB)1%
João Bico (PSDC)1%
Ricardo Young (Rede)0%
Altino (PSTU)0%
Henrique Áreas (PCO)0%
Branco/nulo13%
Não sabe4%

Em um cenário com os onze candidatos na disputa, os dois candidatos mais bem colocados estão tecnicamente empatados, Celso Russomanno em primeiro com 26% e Marta na sequência com 21%. João Doria vem em seguida, empatado tecnicamente com Marta, com 16%. Fernando Haddad foi escolhido por 9%, Luiza Erundina por 7% e Major Olimpio por 2%, enquanto Levy Fidelix e João Bico receberam 1% das intenções de voto cada. Ricardo Young, Altino e Henrique Áreas não pontuaram, 13% optaram pelos votos em branco ou nulo e 4% não sabem em que votar.

Pergunta espontânea

Na pergunta espontânea, quando não são mostrados os nomes dos candidatos, Celso Russomanno aparece na frente com 16% da escolha dos entrevistados, Marta vem a seguir com 12%, seguida por João Doria que obteve 9%, por Fernando Haddad com 6%, por Luiza Erundina com 3% e por Major Olimpio com 1%. Outros candidatos foram citados por 3%, os votos em branco ou nulo totalizaram 14% e os que não sabem 34%.

Taxa de rejeição

O instituto também mediu a taxa de rejeição dos candidatos, com a possibilidade de múltipla escolha. Nesse caso, Fernando Haddad foi o mais rejeitado com 46% das menções, Marta foi citada por 29%, Levy Fidelix por 27%, Luiza Erundina por 26% e João Bico por 22%, enquanto Major Olimpio e Celso Russomanno foram mencionados por 21% cada. João Doria foi escolhido por 20%, Altino por 18%, e os candidatos Henrique Áreas e Ricardo Young por 17% cada. 5% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos, 3% poderiam votar em todos e 3% ainda não sabem.

Segundo turno

Em um possível segundo turno entre os dois primeiros colocados, Celso Russomanno seria eleito com 52% das intenções de voto, contra os 28% alcançados por Marta. 18% optaram pelo voto em branco ou nulo e 3% não sabem em quem votar.

Caso Celso Russomanno enfrentasse João Doria no segundo turno, Russomanno venceria com 56% da preferência dos entrevistados, enquanto Doria ficaria em segundo com 28%. Os votos em branco ou nulo somaram 18% e os que não sabem 3%.

A pesquisa foi realizada no dia 8 de setembro de 2016 com 1.092 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada do TRE-SP sob o protocolo nº SP-00567/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Paraná Pesquisas - 02/09/2016

A pesquisa eleitoral do Instituto Paraná Pesquisas divulgada dia 2 de setembro de 2016, encomendada pela Rádio Panamericana e pela Rádio Jovem Pan, mostra Celso Russomanno em primeiro com 32,1% da preferência dos entrevistados, com a possibilidade de disputar um segundo turno com Marta que tem 15,8% ou João Doria que tem 13,7%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
Celso Russomano (PRB)32,1%
Marta (PMDB)15,8%
João Doria (PSDB)13,7%
Luiza Erundina (PSOL)7,1%
Fernando Haddad (PT)7%
Major Olimpio (SD)2,1%
Levy Fidelix (PRTB)1%
Ricardo Young (Rede)0,8%
João Bico (PSDC)0,6%
Altino (PSTU)0,5%
Henrique Áreas (PCO)0%
Nenhum12,7%
Não sabe6,8%

Na disputa pelo cargo de prefeito da capital paulista, Celso Russomanno aparece na frente com 32,1% das intenções de voto, seguido por Marta que obteve 15,8% e está tecnicamente empada com João Doria que recebeu 13,7%. Luiz Erundina vem na sequência com 7,1%, empatada tecnicamente com Fernando Haddad que tem 7%. Major Olímpio foi ecolhido por 2,1%, Levy Fidelix por 1%, Ricardo Young por 0,8%, João Bico por 0,6% e Altino por 0,5%, enquanto Henrique Áreas não pontuou. Os que afirmaram que não votariam em nenhum dos candidatos somaram 12,7% e os que não souberam responder 6,8%.

Pergunta espontânea

Quando não foram apresentados os nomes dos candidatos, Celso Russomanno também lidera com 13,1% das menções dos entrevistados, João Doria aparece em seguida com 5,8% e Marta com 4,9%. Fernando Haddad foi escolhido por 3,2%, Luiza Erundina por 2,8% e Major Olímpio por 0,6%. Outros nomes foram citados por 0,8% dos entrevistados, 14,2% disseram que não votariam em ninguém e 54,7% não sabem em quem votar.

Segundo turno

Em um cenário com apenas Celso Russomanno e Marta, o deputado federal seria eleito com 50,1% das intenções de voto, enquanto a senadora ficaria em segundo com 28,2%. Os que disseram que não votariam em nenhum dos candidatos totalizaram 16,1% e os que não sabem 5,7%.

Se Celso Russomanno concorresse diretamente com João Doria, Russomanno venceria com 54,3% das intenções de voto, e Doria ficaria em segundo com 24,1%. Os entrevistados que não votariam em nenhum dos candidatos somaram 16,4% e os que não souberam responder 5,3%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 28 de agosto e 1º de setembro de 2016 com 1.200 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada do TRE-SP sob o protocolo nº SP-09071/2016 e foi divulgada no site jovempan.uol.com.br.

Datafolha - 26/08/2016

De acordo com a pesquisa Datafolha divulgada dia 26 de agosto, encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo", Celso Russomanno lidera a disputa com 31% das intenções de voto, seguido por Marta que aparece com 16% e está empatada tecnicamente com Luiza Erundina que tem 10%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
Celso Russomano (PRB)31%
Marta (PMDB)16%
Luiza Erundina (PSOL)10%
Fernando Haddad (PT)8%
João Doria (PSDB)5%
Major Olimpio (SD)2%
Levy Fidelix (PRTB)2%
Ricardo Young (Rede)1%
Altino (PSTU)0%
João Bico (PSDC)0%
Henrique Áreas (PCO)0%
Branco/Nulo17%
Não sabe/Não responderam7%

Em um cenário com dez candidatos, Celso Russomanno continua na frente com 31% da preferência dos entrevistados, mas com a possibilidade de disputar um segundo turno com Marta que tem 16% ou com Luiza Erundina, que está empatada tecnicamente com Marta e aparece com 10%. Fernando Haddad vem em seguida com 8%, João Doria foi escolhido por 5%, enquanto Major Olimpio e Levy Fidelix obtiveram 2% das intenções de voto cada. Ricardo Young foi citado por 1%, enquanto Altino, João Bico e Henrique Áreas não pontuaram. 17% escolheram o voto em branco ou nulo e 7% não sabem em quem votar.

Pergunta espontânea

Na pergunta espontânea, quando não são mostrados os nomes dos candidatos, Celso Russomanno também ficou em primeiro, com 11% das menções dos entrevistados, Marta foi citada por 5% e Fernando Haddad por 4%, enquanto Luiza Erundina e João Doria tiveram 3% cada. Major Olimpio, Ricardo Young e Levy Fidelix aparecem com 0% cada, 2% mencionaram outros candidatos, 17% escolheram o voto em branco ou nulo e 55% não sabe.

Taxa de rejeição

O instituto também mediu a taxa de rejeição dos candidatos, com a opção de escolher mais de um candidato. Fernando Haddad foi o mais rejeitado com 49% das menções, Marta aparece em seguida com 32%, Levy Fidelix foi citado por 27%, Luiza Erundina por 25%, João Doria por 22%, João Bico por 21%, Major Olimpio por 19%, Celso Russomanno por 18%, Altino por 17%, Henrique Áreas por 16% e Ricardo Young por 15%. Os que afirmaram que rejeita todos os candidatos somaram 7%, os que poderiam votar em todos os candidato totalizaram 3% e os que não sabem 5%.

Segundo turno

Em um possível segundo turno entre os dois primeiros colocados Celso Russomanno venceria com 51% das intenções de voto, enquanto Marta ficaria em segundo com 32%. Os votos em branco ou nulo somaram 15% e os que não sabem em quem votar 2%.

Caso Celso Russomano disputasse um segundo turno com Luiza Erundina, Russomanno seria eleito com 56% das intenções de voto. Erundina teria 29%, enquanto 14% disseram que votariam em branco ou nulo e 2% não sabe.

Em uma disputa apenas entre Celso Russomanno e Fernando Haddad no segundo turno, Russomanno venceria a disputa com 60% das intenções de voto e Haddad ficaria em segundo com 21%. Os votos em branco ou nulo totalizaram 18% e os que não sabem em quem votar 2%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 24 de agosto de 2016 com 1.092 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada do TRE-SP sob o protocolo nº SP-01183/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Ibope - 23/08/2016

A Ibope, divulgada dia 23 de agosto, encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de São Paulo, mostra Celso Russomanno em primeiro com 33% das intenções de voto, enquanto Marta está em segundo com 17%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
Celso Russomano (PRB)33%
Marta (PMDB)17%
Fernando Haddad (PT)9%
Luiza Erundina (PSOL)9%
João Doria (PSDB)9%
Major Olimpio (SD)2%
Altino (PSTU)1%
João Bico (PSDC)1%
Levy Fidelix (PRTB)1%
Ricardo Young (Rede)1%
Henrique Áreas (PCO)0%
Branco/Nulo13%
Não sabe/Não responderam4%

O deputado Celso Russomanno continua na liderança com 33% da preferência dos entrevistados, mas com a possibilidade de disputar um segundo turno com Marta que aparece com 17%. Fernando Haddad, Luiz Erundina e João Doria estão empatados com 9% das intenções de voto cada, Major Olimpio obteve 2%, enquanto Altino, João Bico, Levy Fidelix e Ricardo Young foram escolhidos por 1% cada. Henrique Áreas não pontuou, 13% optaram pelo voto em branco ou nulo e 4% ainda não sabem em quem votar ou não responderam.

Taxa de rejeição

O instituto também mediu a taxa de rejeição dos candidatos, com a possibilidade de escolher mais de um candidato. Fernando Haddad aparece como o mais rejeitado com 52% das menções, seguido por Marta que recebeu 35%, Luiza Erundina foi citada por 25%, Celso Russomanno por 24%, Levy Fidelix por 22%, João Doria por 12% e Major Olimpio por 8%. Altino e João Bico foram escolhidos por 7% cada, enquanto Henrique Áreas de Ricardo Young por 1% cada. 1% dos entrevistados afirmaram que poderiam votar em todos os candidatos e 8% não sabem ou não quiseram responder.

A pesquisa foi realizada entre os dias 19 e 22 de agosto de 2016 com 805 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada do TRE-SP sob o protocolo nº SP-07072/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Ibope - 29/07/2016

Segundo a pesquisa Ibope, encomendada pelo SETCESP (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região), divulgada dia 29 de julho de 2016, o deputado federal Celso Russomano continua na frente com 29% das intenções de voto, seguido por Marta Suplicy que aparece com 10%.

CandidatoIntenções de Votos (%)
Celso Russomano (PRB)29%
Marta Suplicy (PMDB)10%
Luiz Erundina (PSOL)8%
Fernando Haddad (PT)7%
João Doria (PSDB)7%
Andrea Matarazzo (PSD)5%
Marco Feliciano (PSC)3%
Delegado Olim (PP)2%
Levy Fidelix (PRTB)2%
Outros com até 1%5%
Branco/Nulo18%
Não sabe/Não responderam4%

No primeiro cenário testado, Celso Russomano lidera a disputa e aparece com 29% das intenções de voto, Marta Suplicy vem em seguida com 10%, empatada tecnicamente com Luiza Erundina que obteve 8%, além de Fernando Haddad e João Doria que receberam 7% das intenções de voto cada. 5% dos entrevistados escolheram Andrea Matarazzo, Marco Feliciano foi escolhido por 3%, enquanto Delegado Olim e Levy Fidelix por 2% cada. Major Olímpio, Roberto Tripoli, João Bico, Laércio Benko, Marlene Campos Machado e Denise Abreu foram citados por até 1% cada, enquanto Ricardo Young não pontuou. 18% dos entrevistados votariam em branco ou nulo e 4% ainda não sabe em quem votar ou não quis responder.

Numa simulação sem Celso Russomano, Marta Suplicy aparece em primeiro com 18%, bem próxima de Luiza Erundina que obteve 12% das intenções de voto. Fernando Haddad foi escolhido por 9%, João Doria por 8% e Andrea Matarazzo por 6%. Marco Feliciano e Delegado Olim obtiveram 5% dsa intenções cada, Roberto Tripoli e Levy Fidelix 3% cada e Marjo Olímpio 2%, enquanto Denise Abreu, Marlene Campos Machado, Laércio Benko e João Bico foram escolhidos por 1% cada. Ricardo Young não pontuou, os que afirmaram que votariam em branco ou nulo somaram 21% e os que não sabem ou não responderam 4%.

Quando não foram apresentado os nomes dos candidatos, Celso Russomano também ficou na frente com 10% das menções dos entrevistados, Fernando Haddad ficou em segundo com 5%, João Doria foi citado por 3%, enquanto Marta Suplicy, Luiza Erundina e Andrea Matarazzo por 2% cada. Outros candidatos com menos de 1% das intenções de voto foram mencionados por 5%, os votos em branco ou nulo totalizaram 27% e os que não sabem ou não responderam 43%.

Em um possível segundo turno entre Celso Russomano e Marta Suplicy, Russomano seria eleito com 52% das intenções de voto, enquanto Marta foi escolhida por 27%. Os eleitores que votariam em branco ou nulo somaram 20% e os que não sabem ou não responderam 1%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 26 de julho de 2016 com 602 eleitores. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada do TRE-SP sob o protocolo nº SP-07058/2016 e foi divulgada no site setcesp.org.br.

Datafolha - Pesquisa 15/07/2016

A pesquisa Datafolha divulgada dia 15 de julho de 2016 mostra o deputado federal Celso Russomano em primeiro com 25% das intenções de voto, bem à frente de Marta Suplicy que aparece com 16%.

CandidatosIntenções de Voto (%)
Celso Russomano (PRB)25%
Marta Suplicy (PMDB)16%
Luiza Erundina (PSOL)10%
Fernando Haddad (PT)8%
João Doria (PSDB)6%
Marco Feliciano (PSC)4%
Andrea Matarazzo (PSD)3%
Levy Fidelix (PRTB)2%
Major Olímpio (SD)2%
Marlene Campos Machado (PTB)1%
Ricardo Young (Rede)1%
Branco/nulo/nenhum19%
Não sabe4%

Em um cenário com 11 possíves candidatos, Celso Russomano aparece na liderança com 25% das intenções de voto, seguido de Marta Suplicy que obteve 16%. Luiza Erundina foi escolhida por 10%, Fernando Haddad por 8%, João Doria por 6% e Marco Feliciano por 4%. Andrea Matarazzo recebeu 3% das intenções de voto, Levy Fidelix e Major Olímpio alcançaram 2% cada, enquanto Marlene Campos Machado e Ricardo Young 1% cada. 19% dos entrevistados afirmaram que votariam em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos e 4% ainda não sabem em quem votar.

A pesquisa também simulou um possível cenário sem Celso Russomano, onde Marta Suplicy é mostrada em primeiro com 21% das intenções de voto. Luiza Erundina aparece em segundo lugar com 13%, seguida de Fernando Haddad com 11% e João Doria com 7%, enquanto Marco Feliciano e Andrea Matarazzo obtiveram 5% cada. Levy Fidelix e Major Olímpio receberam 3% das intenções de voto cada, Marlene Campos Machado obteve 2% e Ricardo Young 1%. Os eleitores que não votariam em nenhum dos candidatos somaram 25% e os que não sabem em quem votar 5%.

Os entrevistados também foram perguntados em qual dos candidatos não votariam de forma alguma, onde Fernando Haddad foi o mais rejeitado com 45% das menções. Marco Feliciano foi citado por 32%, Marta Suplicy por 31%, Levi Fidelix por 29%, Luiza Erundina por 24%, Celso Russomano por 22%, João Doria por 19%, Major Olímpio por 17%, Marlene Campos Machado por 16%, Ricardo Young por 15% e Andrea Matarazzo por 14%. Os que não votariam em nenhum dos candidatos totalizaram 8%, os que votariam em qualquer um deles 2% e os que não sabem 3%.

Em um possível segundo turno entre os dois primeiros colocados, Celso Russomano seria eleito com 48% das intenções de voto, enquanto Marta Suplicy ficaria em segundo com 31%. Os eleitores que votariam em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos somaram 14%.

Caso Marta Suplicy e Luiza Erundina disputassem um segundo turno, Marta venceria com 39% das intenções de votos, enquanto Erundina obteria 33%. Os que afirmaram que votariam em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos totalizaram 26%.

A pesquisa foi encomendada pela Folha da Manhã S.A. e realizada entre os dias 12 e 13 de julho de 2016 com 1.092 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada do TRE-SP sob o protocolo nº SP-02963/2016 e foi divulgada no site folha.uol.com.br.

Ibope - Pesquisa 21/06/2016

De acordo com a pesquisa Ibope divulgada dia 21 de junho de 2016, o deputado Celso Russomano aparece em primeiro na disputa pela prefeitura de São Paulo com 26% das intenções de voto.

CandidatoIntenções de Voto (%)
Celso Russomano (PRB)26%
Marta Suplicy (PMDB)10%
Luiza Erundina (PSOL)8%
Fernando Haddad (PT)7%
João Doria (PSDB)6%
Andrea Matarazzo (PSD)4%
Marco Feliciano (PSC)4%
Outros Candidatos10%
Brancos e Nulos21%
Não sabe ou não respondeu5%

Em uma simulação com 15 possíveis candidatos, Celso Russomano lidera com 26%, a senadora Marta Suplicy aparece na segunda colocação com 10%, empatada tecnicamente com a deputada federal Luiza Erundina que obteve 8%, com o atual prefeito Fernando Haddad que alcançou 7% e João Doria que foi escolhido por 6% dos entrevistados.

O vereador Andrea Matarazzo e o deputado federal Marco Feliciano foram citados por 4% dos eleitores cada, o Delegado Olim por 3%, enquanto o Major Olímpio e Roberto Trípoli obtiveram 2% cada. Laércio Benko e Levy Fidelix alcançaram 1% das intenções de voto cada, enquanto Denise Abreu, Marlene Campos Machado e Ricardo Young não pontuaram. Os votos em branco e nulos somaram 21% e os que não sabem ou não responderam 5%.

Em outro cenário com apenas 6 pré-canditados, Celso Russomano continua em primeiro, mas desta vez com 34% das intenções de voto, Marta Suplicy permanece em segundo com 13%, seguida por Luiza Erundina com 9%. Fernando Haddad e João Doria aparecem empatados com 8% cada um, e Andrea Matarazzo logo em seguida com 6%. Os votos em branco e nulos totalizaram 20% e os que não sabem ou não responderam 2%.

Quando não foram mostrados os nomes dos candidatos, Fernando Haddad foi o mais citado, com 5% das intenções de voto, muito próximo de Celso Russomano com 4%. Os eleitores que não sabem ou não quiseram responder somaram 54%.

Os eleitores também foram questionados sobre qual candidato não votariam de forma alguma, com a opção de escolher mais de um candidato. Neste cenário Haddad foi rejeitado por 46%, bem próximo de Marta que foi mencionada por 42%. Feliciano recebeu 31% das menções, Erundina 29%, Fidelix 24%, Russomano 22% e Olim 11%. Doria, Olímpio e Marlene foram citados por 10% cada, Trípoli por 9% e Matarazzo por 8%, enquanto Benko, Abreu e Young por 7% cada. 1% dos eleitores afirmaram que poderiam votar em todos os candidatos e 6% não sabiam ou não quiseram responder.

A pesquisa foi encomendada pelo SETCESP (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região) e realizada entre os dias 15 e 20 de junho de 2016 com 602 eleitores. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada do TSE sob o protocolo nº SP-00908/2016 e foi divulgada no site uol.com.br.

Página publicada em 3 de Novembro de 2015. | Última atualização em 2 de Outubro de 2016 às 15:10.