Pesquisa Eleitoral em Campo Grande para Prefeito

Segundo a mais recente pesquisa Ibope encomendada pela TV Morena, divulgada dia 16 de setembro, Marquinhos Trad aparece na frente com 41% das intenções de voto, mas com a possibilidade de disputar um segundo turno com Rose Modesto que tem 22% ou com Alcides Bernal que tem 15%.

Pesquisa Eleitoral para Prefeitura de Campo Grande

CandidatoIntenções de Voto (%)
Marquinhos Trad (PSD)41%
Rose Modesto (PSDB)22%
Alcides Bernal (PP)15%
Coronel David (PSC)3%
Alex do PT (PT)1%
Rosana Santos (PSOL)1%
Athayde (PPS)1%
Marcelo Bluma (PV)1%
Pedrossian Filho (PMB)0%
Suél do Pstu (PSTU)0%
Aroldo Figueiró (PTN)0%
Lauro Davi (PROS)0%
Adalton Garcia (PRTB)0%
Elizeu Amarilha (PSDC)0%
Arce (PCO)0%
Branco/nulo10%
Não sabe/não respondeu5%

Em um cenário com todos os candidatos na disputa, Marquinhos Trad lidera com 41% das intenções de voto, seguido por Rose Modesto que aparece com 22% e está tecnicamente empatada com Alcides Bernal que tem 15%. Coronel David foi escolhido por 3%, enquanto Alex do PT, Rosana Santos, Athayde e Marcelo Bluma obtiveram 1% cada. Os candidatos Pedrossian Filho, Suél do PSTU, Aroldo Figueiró, Lauro Davi, Adalton Garcia, Elizeu Amarilha e Arce não pontuaram. 10% dos entrevistados optaram pelo voto em branco ou nulo e 5% não sabem ou não responderam.

Taxa de rejeição

O instituto também mediu a taxa de rejeição, com a opção de escolher mais de um candidato. Nesse cenário, Alcides Bernal foi o mais rejeitado com 35% das menções, Alex do PT foi citado por 29%, Marquinhos Trad por 15%, Rose Modesto por 13% e Suél do PSTU por 11%. Athayde e Coronel Davi foram escolhidos por 8% cada, Marcelo Bluma e Pedrossian Filho po 7% cada, Arce, Aroldo Figueiró, e Lauro Davi por 6% cada, Elizeu Amarilha e Rosana Santos por 5% cada e Adalton Garcia por 4%. Os que disseram que poderiam votar em todos os candidatos totalizaram 3% e os que estão indecisos 9%.

Segundo turno

Em um possível segundo turno entre os dois candidatos mais bem colocados, Marquinhos Trad seria eleito com 47% das intenções de voto, enquanto Rose Modesto ficaria em segundo com 31%. Os votos em branco ou nulo somaram 15% e os que não sabem ou não responderam 6%.

Caso Marquinhos Trad enfrentasse Alcides Bernal, venceria com 57% das intenções de voto, contra os 24% obtidos por Alcides. 13% escolheram o voto em branco ou nulo e 6% ainda não sabem em quem votar ou não responderam.

Numa disputa direta entre Rose Modesto e Alcides Bernal, Rose teria a vitória com 50% das intenções de voto, enquanto Alcides ficaria em segundo com 26%. Os votos em branco ou nulo totalizaram 17% e os que não sabem ou não quiseram opinar 7%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 15 de setembro de 2016 com 602 eleitores. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE-MS sob o protocolo nº MS-01963/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Ibope - 03/09/2016

A pesquisa Ibope encomendada pela TV Morena, divulgada dia 3 de setembro de 2016, mostra Marquinhos Trad em primeiro com 31% das intenções de voto, mas empatado tecnicamente com Rose Modesto que aparece com 25%.

Pesquisa Eleitoral para Prefeitura de Campo Grande

CandidatoIntenções de Voto (%)
Marquinhos Trad (PSD)31%
Rose Modesto (PSDB)25%
Alcides Bernal (PP)14%
Alex do PT (PT)3%
Coronel David (PSC)2%
Rosana Santos (PSOL)2%
Arce (PCO)1%
Athayde (PPS)1%
Marcelo Bluma (PV)1%
Pedrossian Filho (PMB)1%
Suél do Pstu (PSTU)1%
Aroldo Figueiró (PTN)0%
Lauro Davi (PROS)0%
Adalton Garcia (PRTB)-
Elizeu Amarilha (PSDC)-
Branco/nulo13%
Não sabe/não respondeu5%
 

Em uma simulação com os quinze candidatos registrados, Marquinhos Trad aparece na frente com 31% das intenções de voto, empatado tecnicamente com Rose Modesto que recebeu 25%. Alcides Bernal foi escolhido por 14% e Alex do PT por 3%, enquanto Coronel David e Rosana Santos receberam 2% cada. Os candidatos Arce, Athayde, Marcelo Bluma, Pedrossian Filho e Suél do Pstu foram citados por 1% cada, enquanto Aroldo Figueiró e Lauro Davi não pontuaram. Adalton Garcia e Elizeu Amarilha não foram mencionados pelos entrevistados, 13% afirmaram que votariam em branco ou nulo e 5% não sabem ou não opinaram.

Taxa de rejeição

Questionaram os entrevistados sobre qual candidato não votariam de forma alguma, com a possibilidade de escolher mais de um candidato. Alcides Bernal foi o mais rejeitado com 35% das menções, seguido por Alex do PT com 31%, Marquinhos Trad com 18%, Rose Modesto com 17%, Suél do Pstu com 11%, Marcelo Bluma com 10% e Athayde com 9%. Arce e Pedrossian Filho foram citados por 8% cada, enquanto Coronel David e Rosana Santos por 7% cada. Adalton Garcia, Aroldo Figueiró e Elizeu Amarilha receberam 6% das menções cada, enquanto Lauro Davi foi citado por 5% dos entrevistados. 7% afirmaram que poderiam votar em todos os candidatos e 10% ainda não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi realizada entre os dias 29 de agosto e 1º de setembro de 2016 com 602 eleitores. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada do TRE-MS sob o protocolo nº MS-07484/2016 e foi divulgada no site g1.globo.com.

Página publicada em 5 de Setembro de 2016. | Última atualização em 19 de Setembro de 2016 às 15:09.